Tenha sua própria LOJA DE PEIXES ORNAMENTAIS - SEBRAE/SC


Apresentação

Os primeiros peixes, surgiram há cerca de 500 milhões de anos, este período está registrado através de fósseis encontrados. Quando começaram os descobrimentos e estudos das pirâmides do Egito, os arqueólogos encontraram vestígios de criação de peixes em tanques de vidro, vestígios estes com data de cerca de 4.000 anos. Não se sabe até os dias de hoje, se a intenção era o desenvolvimento, criação, ou apenas ornamentação e hobby ou se a verdadeira intenção era gastronômica, afinal, um tanque cheio de peixes, não deixa de ser um estoque de alimentos, ou se realmente foram eles os primeiros aquaristas da história.

O filósofo grego Aristóteles durante um período de sua vida, se dedicou a estudar o comportamento de diversas espécies animais entre elas os peixes, chegou a descrever perto de 115 espécies diferentes, dando assim início a uma nova ciência a "ICTIOLOGIA", palavra Grega cujo significado é "Estudo dos peixes". No século XIII, Marco Polo, um grande viajante Italiano, deixou entre os relatos de suas viagens, menção ao habito que os Chineses tinham de criar lindos peixes em tanques de vidro, muito parecido com as criações dos dias atuais.

O hobby de criar peixes ornamentais levou os aficionados a tornarem-se empresários. A maioria das lojas de peixes, aquários e acessórios existentes no Brasil, foi iniciada assim. Passo importante, uma vez que gostar e conhecer a parte técnica da área são pré-requisitos considerados fundamentais para o sucesso do negócio. Outro fator importante para ser bem sucedido é ter disposição para trabalhar nos fins de semana (sobretudo no domingo, quando é preciso passar na loja para alimentar os animais e verificar se está tudo bem).

No aquarismo você acaba aprendendo um pouco de física, química, biologia, ecologia e, dependendo de seu nível de aprofundamento no hobby, também geologia e geografia, e tudo isso com muita simplicidade.

O empreendimento exige dedicação do dono. Ele tem de estar controlando diariamente a temperatura e a qualidade da água e zelando pela saúde e alimentação dos animais. A falta de cuidado acaba matando os peixes, gerando prejuízo. Fique de olho em doenças que podem atacar os peixes para poder tratar rapidamente antes que ela infeste todo o aquário.

Ao contrário do que muitos pensam, aquários não dão trabalho, não precisam ser lavados periodicamente, não precisam de trocas totais de água, é um dos hobbies com o melhor custo-benefício, ou seja, gasta-se muito menos, por muito mais. Além disso, peixes podem ser considerados os melhores animais de estimação para quem viaja com freqüência, tem pouco tempo disponível e tem pouco espaço em casa.

Para um aquário de 100 litros, gastamos de manutenção cerca de 20 a 40 minutos por mês, incluindo toda a manutenção, testes e alimentação. Portanto, aquários dão muito menos trabalho que qualquer hobby e que qualquer outro animal de estimação.

Treinamento

Todas as pessoas que trabalham na sua empresa devem ter algumas características para saber atender bem, tais como a habilidade em ouvir e atender os clientes, naturalidade na orientação dos clientes, boa vontade, persistência e paciência, saber negociar, equilíbrio emocional, identificar as necessidades dos clientes, iniciativa, agilidade e presteza no atendimento, identificar o perfil do usuário. Essas características podem ser adquiridas através de treinamentos o que deve ocorrer periodicamente entre seus funcionários, cursos tipo: Gestão de Pessoas, Praticando Qualidade, Cativando o Cliente com um Atendimento de Qualidade, Oratório, A Arte de falar em Público, entre outros.

Um bom começo para o lojista é fazer um curso de aquariofilia e treinar seus ajudantes. Os conhecimentos devem ser repassados aos clientes, como um serviço adicional.

Localização

A escolha do local e do espaço físico necessário para instalar seu negócio é uma decisão muito importante para o sucesso do empreendimento. O local deve oferecer uma infra-estrutura necessária para sua instalação e ainda propiciar o seu crescimento, ter acesso fácil para os clientes e ser um ponto de vendas atrativo.

Os interessados em montar esse tipo de negócio deverão contar com um bom ponto comercial, analisando se o local tem uma grande circulação de pessoas, com estacionamento, pois além de atrair clientes é ideal para consumidores que vão sair com aquários e equipamentos pesados. O visual é outro fator essencial para atrair a clientela. Portanto, pode ser interessante uma loja em shoppings, ou em uma região que concentre grande número de edifícios.

Área

É aconselhável que o estabelecimento tenha, pelo menos, 40 m2. Suficiente para acomodar os aquários e montar prateleiras e balcão de atendimento.

Fornecedores

O empreendedor não enfrentará grandes dificuldades para encontrar bons fornecedores. Há diversas distribuidoras atuando no mercado, as quais revendem no atacado peixes nacionais e importados, além de vender também pedras, cascalhos, plantas, enfeites e demais acessórios. Os aquários, por sua vez, podem ser comprados de várias fábricas especializadas. O importante é descobrir bons fornecedores, principalmente os importadores de peixes de água salgada, mais exóticos e atraentes.

Produtos

Outro detalhe importante é o de quanto maior o número de produtos oferecidos na loja, melhor. Pois o cliente prefere comprar todos os itens necessários para iniciar ou manter seu hobby em um mesmo lugar. Esta iniciativa está sendo seguida pelos empresários do segmento, que oferecem em suas lojas, além de peixes e aquários, rações, plantas remédios e equipamentos. Outros empresários tentam diversificar, vendendo cães, gatos, pássaros, hamsters, e, espécies de peixes diferentes como: filhotes de tubarão, cavalos-marinhos e moréias e, ainda, prestando serviços de limpeza de aquários em domicílio.

Tipos de Aquários

Sendo animais simples de serem cuidados, alguns detalhes são importantíssimos para o bem-estar desses magníficos seres. Os peixes são divididos em espécies de água doce e água salgada, portanto o empresário deverá ter aquários que atendam a essas necessidades. A maior parte das pessoas acreditam que manter um aquário marinho é infinitamente mais difícil que um de água doce. Não é assim. A verdade é que um aquário de peixes e invertebrados de água salgada não é necessariamente difícil de manter, apenas têm diferentes requisitos e os erros trazem conseqüências mais graves.
Evite colocar os aquários próximos a janelas ou em áreas exteriores onde a luz do sol incidiria diretamente sobre ele.

Os aquários devem ter o maior tamanho possível, pois quanto mais água, maior a estabilidade do ambiente. Aquários muito pequenos são indicados para aquaristas experientes, pois são muito suscetíveis a mudanças bruscas, como por exemplo, temperatura e PH.

Existem métodos variados de montagem de aquários. O exemplo abaixo é um dos mais simples, indicado para os iniciantes.

1º passo - Colocação das placas de filtro biológico no fundo do aquário, essas placas devem ocupar cerca de 70% do fundo. O uso do filtro biológico pode ser descartado caso o proprietário queira um filtro externo.

2º passo - Os tubos do filtro devem ser encaixados nas placas, depois coloque a mangueira de ar com a pedra porosa, ou a bomba submersa.

3º passo - O cascalho deve ser bem lavado, apenas com água e espalhado sobre as placas ou fundo do aquário e deve ter entre 3 ou 4 centímetros.

4º passo - A decoração do aquário deverá atender as espécies de peixes, o uso de plantas naturais não é muito indicado devido a manutenção constante, mas se essa for sua opção escolha as mais resistentes e prenda-as no fundo, junto as placas para que suas raízes possa, absorver nutrientes. O uso de pedras é interessante, muito cuidado na hora da escolha das mesmas, pois devem ser neutras e de bom tamanho. Existem ainda vários outros objetos que podem ser usados de acordo com seu gosto.

5º passo - Com uma mangueira, comece a encher com água da torneira (nunca use água mineral ou água de chuva). Se a água estiver muito turva, coloque outra mangueira esvaziando ao mesmo tempo que a outra enche o aquário. Após alguns minutos, retire a mangueira que está esvaziando e termine de encher até três centímetros abaixo do nível da água. Tome cuidados de proteção aos objetos de decoração para que seu serviço não seja perdido.

A qualidade de água de um aquário é vital para a saúde e sobrevivência de peixes e plantas. Uma qualidade de água ruim resultará em peixes com aspecto debilitado e comportamento alterado e colorações pobres.

6º passo - No caso do uso do filtro biológico ligue a bomba e no caso do filtro externo, encha ele com água e ligue-o na tomada para que funcione.

7º passo - O uso de um condicionador de água, que vai torna-la segura para peixes e plantas, eliminando elementos nocivos tipo cloro e metais pesados.

8º passo - cubra o aquário com as tampas e acenda as lâmpadas, de uma olhada como ficou e se precisa de alguma modificação. Você pode, fazer alguns ajustes na decoração, mesmo depois de terminada a montagem do aquário, mas lembre-se de lavar bem as mãos antes.

9º passo - O controle da temperatura poderá ser feita com o uso de termômetros e aquecedores, uma temperatura ideal para os peixes tropicais deve ficar entre 25 e 28 graus.

10º passo - Os primeiros peixes devem ser colocados no aquário depois de 4 semanas aproximadamente para que as bactérias benéficas que existem dentro do aquário se reproduzam em numero suficiente para suportar o recebimento de carga orgânica, que são as fezes, urina e sobras de alimento, entre outros.

No caso de você desejar antecipar as quatro semanas, pode-se usar produtos que aceleram o processo de reprodução biológica e elimina elementos perigosos como amônia e nitrito. Com eles, pode-se colocar peixes em até 24 horas após a montagem do aquário, mas lembre-se de nunca colocar mais de um peixe pequeno para cada 15 litros de água do aquário nos primeiros dias.

11º Passo - A escolha dos peixes, certifique-se de estar escolhendo bem seus peixes, verificando os olhos, manchas , feridas, caudas, ou seja, a aparência do peixe deve estar saudável. Uma vez que os mesmos podem estar doentes.

12º passo - A soltura dos peixes deve ser feita de forma correta para evitar os chamados choques térmicos ou de PH, o ideal que se pegue o saco onde estão os peixes e deixe boiando por cerca de 10 minutos, depois disso abra o saco e deixa uma pequena quantidade de água entrar, mais ou menos o equivalente a um copo cheio, repetindo a operação a cada cinco minutos, com uma rede, retire os peixes de dentro do saco e liberte-os no aquário. Jogue fora a água do saco que os peixes vieram pois a mesma pode estar contaminada ou com PH diferente da sua. É recomendável apagar as luzes do aquário por um período de 30 minutos durante o processo, evitando assim que os peixes fiquem demasiadamente agitados e que sofram eventuais agressões logo que são soltos.

13º passo - Na hora de alimentar seus peixes a qualidade do alimento determina a longevidade, resistência a doenças e colorações dos mesmos e também influi diretamente na qualidade da água de seu aquário. Alimentar um peixe é um dos papéis mais importantes que você exerce enquanto aquarista. A maioria esmagadora de hobistas que têm problemas com seus aquários, simplesmente não sabem alimentar e/ou alimentam com produtos inadequados e de má qualidade.

14º passo - O ritual da alimentação. A melhor maneira de alimentarmos nossos peixes é criarmos um pequeno ritual, que se tornará um hábito, tanto para você quanto para os peixes. Este ritual começa com você fazendo o mesmo barulho toda vez que for alimentar seus peixes. Pode ser uma batidinha no vidro ou no móvel com o pote de comida, ou mesmo nas tampas de vidro. Com isso, toda vez que os peixes escutarem esse barulho, ficarão elétricos e terão a certeza de que irão receber alimento. Isto fará com que todos tomem posição para disputar a comida. Jogue uma pitada com 4 a 6 flocos na água. Os peixes começarão a comer. Então você joga mais um pouco e espera que comam tudo. Joga mais um pouco e espera novamente. E assim, vai repetindo a operação até perceber o ímpeto dos peixes diminuir. Desta forma não há sobras, todos comem e a qualidade da água permanece inalterada.

15º passo - A manutenção dos aquários devem ser feita uma vez por mês, ou quando houver necessidade. O sistema consiste em sinfonar - aspirar a água por meio de um sifão ou mangueira próximo ao fundo ou cascalho removendo os detritos que se acumulam, retirando cerca de 30% da água nesse processo.

16º passo - a limpeza dos aquários. Limpe os vidros a cada 2 ou 3 semanas com um limpador magnético ou esponja apropriada e faça testes periodicamente para evitar problemas. Troque a pedra porosa mensalmente. Limpe a cada 3 meses o rotor da bomba submersa e da bomba do filtro externo.

Clientela

De acordo com empresário do ramo, as mulheres passaram a comprar mais, coisa que até pouco tempo era feita com maior freqüência por rapazes e homens adultos. Segundo ele, o que muda é a preferência. Enquanto as mulheres preferem os peixes de água doce, mais fáceis de serem cuidados, o consumidor masculino quer os exóticos peixes de água salgada, vindos das Filipinas e Austrália, por exemplo. Para as crianças, o aquarismo é uma das melhores ferramentas educacionais que existe. Com ele a criança aprende noções de responsabilidade e respeito aos animais.

Mercado

O negócio não é sazonal. O segmento é lucrativo, vende bem ao longo do ano, desde que bem trabalhado. O segredo é contar com estoque pequeno e capital de giro.
Conhecer e caracterizar quem são seus futuros clientes, o que eles compram e por que eles compram, como são feitas as compras, quando eles compram e as tendências de compra deles é essencial ao sucesso de seu negócio.

A maioria das empresas bem sucedidas estão constantemente em mudanças, oferecendo oportunidades e apresentando ameaças.

Conhecer e analisar os consumidores, concorrentes, fornecedores, e o ambiente macroeconômico, é muito importante para revisar e se adaptar aos novos desafios e oportunidades do mercado. Uma visão de fora para dentro em seu futuro negócio e uma analise do próprio mercado em que você vai entrar, é um instrumento estratégico para seus objetivos.

Sua empresa precisa identificar os segmentos de mercado específicos que você deseja conquistar,

Analisar o potencial do mercado onde será iniciado seu negócio é muito importante, nessa analise pode-se verificar a renda, idade, classe social dos futuros consumidores.

Retorno Financeiro

O retorno financeiro do negócio chega a médio ou a longo prazo. O empresário, para entrar no mercado, deve ter o seguinte raciocínio: peixes são vendidos em quantidade, e não a unidade, com isso, puxam as vendas de aquários.

Equipamentos

As posições e distribuição das máquinas e equipamentos, balcões de atendimento, depósitos, entre outros é importante para a integração das atividades a serem executadas e atingir satisfatoriamente a produção desejada, para tanto você deverá considerar tanto o layout interno ( ambiente, decoração, facilidade de movimentação, luminosidade, entre outros) como o externo ( vitrinas, fachada, letreiros, entradas e saídas, estacionamento, entre outros) da sua empresa.

Investimento Inicial

Será fundamental fazer uma avaliação precisa do capital disponível, para que se possa dimensionar o negócio corretamente, sendo que o valor do investimento pode girar em torno de R$ 70.000,00.

Obs.: Os valores apresentados são indicativos e servem de base para o empresário decidir se vale a pena ou não aprofundar a análise do investimento.

Marketing/Divulgação

O ditado popular diz que a propaganda é a alma do negócio, devemos nos preocupar em comunicar sobre nossos serviços tanto com os clientes externos quanto com os internos que no caso são seus próprios funcionários.

Você precisa atingir os consumidores e garantir as vendas, para isso deverá planejar o seu marketing, obtendo uma noção realista dos custos de seus serviços, adaptando e otimizando os recursos para melhor posicionar os seus serviços, motivando os consumidores e estruturando sua comercialização de modo a atingir seu mercado-alvo com sucesso. O marketing deve ser contínuo e sistemático.

Num plano de marketing é importante o conhecimento de elementos como preço, produto (serviço), ponto (localização) e promoção. Avaliar os desejos e necessidades de seus clientes ou usuários em relação a funções, finanças, facilidade, feeling e futuro.

Manter um marketing de relacionamento com o cliente é uma dos pontos fundamentais. O lojista deve organizar um banco de dados de sua clientela e enviar malas diretas com as novidades em peixes e acessórios.

Tipos de Peixes

Uma variedade enorme de peixes podem ser comercializados, eles se dividem em famílias, segue abaixo algumas espécies, suas características e como cria-los:
Famílias

CIPRINÍDEOS - arlequim, barbo-dourado, barbus, danio gigante, japonês, paulistinha, tanictis, tubarão-de-cauda-vermelha, tubarão-prateado;
COBITIDAE - botia, peixe-cobra;
ANASTOMIDAE - leporino
ANABANTIDAE - beijador , betta splenden, colisa , peixe-paraiso , tricogaster;
MONOCHIDAE - peixe-gato-invertido;
CARACÍDEOS - borboleta , chilodus, cruzeiro-do-sul, engraçadinho, jaraqui, neon, olho-de-fogo, peixe-lápis, rasborá-pintada, tetra-cardinal, tetra-imperador, tetra-nariz-vermelho, tetra-preto;
CICLÍDEOS - acará-bandeira, acará-berere, auratus, beiçudo, disco, jack dempsey,
mexerica, oscar, peixe-arco-iris, ramirezi, zebrinha;
SILURIDAS - corydora;
POECILIIDAE - espada, guppy, molinésia, plati;
KILLIFISHES - cauda-de-lira, jordanela;
TETRAODONTIDAE - baiacu-de-água-doce;
GOBIIDAE - abelhinha;
TOXOTIDAE - arqueiro (toxote);
CENTROPOMIDAE - peixe-vidro;
POTAMOTRYGONIDAE - arraia-de-água-doce.

Espécies:

- Neon - Muito criado e querido por aquaristas. Por ele ser pequeno ele aparenta ser muito frágil e difícil de se ter em cativeiro mas é só aparência, o aquário deverá ser plantado e ter alguns outros peixes da mesma espécie, sendo um peixe não agressivo, convive naturalmente com outros do mesmo porte e tamanho dele. Cuidados com eles devem ser feitos em relação a temperatura da água e o PH, a temperatura pode variar entre a 24 a 29 graus e seu PH pode ser de 6.6 a 7.0 e não se deve colocar peixes de tamanho muito superior ao dele pois certamente será devorado. Existe outra espécie de Neon, o Neon Negro, mas seus costumes são iguais ao do neon citado acima.
- Bettas ¿ Muito conhecido por ser bonito e fama de agressivos com outros da sua espécie. São conhecidos como Bettas Splendens ou Peixe de briga. É uma espécie que não precisa de bombinhas de oxigênio no aquário, sendo resultado de uma mutação genética, são criados em aquários sozinhos, chamados de beteiras, na época do acasalamento se deve colocar os dois aquários juntos um ao lado do outro e esperar que as cores dos dois peixes fiquem iguais, só então se pode juntar o casal para o acasalamento e logo em seguida separar os dois, isso incluí os filhotes quando nascem.
- Acara Bandeira Um dos mais populares, natural da região amazônica, exótico, e tido pelos aquiristas como símbolo do aquirismo. Gosta de viver em águas limpas , tranqüilas e com boa vegetação, sendo um peixe muito tímido e assustado.
- Beijador por usar os lábios para pegar os alimentos e brigar entre os machos, eles receberam esse nome popular. Gosta de plantas de folhas largas e não deve dividir o mesmo aquário com vários da mesma espécie, para evitar disputas de território.
- Peixe arco-íris Convive muito bem em aquário comunitário com diversas espécies por ser tranqüilo, calmo e sociável. O aquário deverá ter bastante pedras e plantas para poder se esconder. Tem o corpo bege com uma faixa horizontal preta, o ventre meio avermelhado e a nadadeira traseira tonalidades de azuis ou lilás com a parte superior amarela. Sendo muito bonito e decorativo.

Os peixes devem ser alimentados conforme suas necessidades naturais.

Vitaminas - Descrição

- A - Visão, Protetor de Pele
- B1 - Para obtenção de energia
- B2 - Digestão de Proteínas, Crescimento Muscular
- B5 - Deficiência causa problemas de Guelras
- B6 - Deficiência pode causar distúrbios Motores
- C - Resistência contra doenças, Crescimento Esqueleto
- E - Hormônios de Fertilidade, Estabiliza Vitaminas

Artigo

Clínicas, bares e empresas são novo alvo dos aquaristas

Legislação

Os passos para registro de uma empresa comercial

Veja também

Os riscos da informalidade
Qualidades do Empresário de Sucesso

Plano de Negócio

Sugerimos sua participação no Negócio Certo Sebrae

O Negócio Certo é um programa de Auto-Atendimento oferecido pelo SEBRAE gratuitamente, por meio digital ou material impresso, especialmente destinado as pessoas que buscam orientações práticas sobre planejamento, abertura e gestão de novos negócios.

Além da internet o Programa Negócio Certo Sebrae, disponibilizará as informações em:

- estações de auto-atendimento nos Pontos de Atendimento ao Cliente do Sebrae em Santa Catarina;
- em CD Rom,
- em material impresso que podem ser solicitados através do 0800-6430401

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites