Linguado






Linguado (Paralichthys patagonicus)

Características: Os linguados são peixes diferentes por não apresentarem a simetria bilateral, regra neste grupo de animais. Outro detalhe bastante curioso é a posição dos olhos em um só lado da cabeça. Algumas espécies de linguado atingem de 60 a 80 cm e outras chegam a um metro, pesando mais de 10 kg. São conhecidos, de acordo com a espécie, por lixa, rodovalho, solha e tapa. São peixes que em estado adulto vivem no fundo, por isso a parte que olha para cima é mais colorida (tem a função de mimetismo) e a que está virada para o fundo do mar é descorada. A sua cor é castanho-escura na parte superior e branca na inferior, porém varia muito em função do mimetismo que o peixe é capaz para se proteger dos predadores. A sua pesca é feita ao fundo, preferencialmente com vermes (minhoca, ganso ou casulo), embora não recuse outras iscas. Normalmente dá apenas um toque quando engole o isco, ficando quieto depois de fisgado. Apenas quando o pescador recolhe a linha sente o seu peso, pois oferece toda a superfície do seu corpo como resistência à deslocação.
Localização: Ocorrem em todo o litoral brasileiro. Na areia, cascalho, lajes pequenas e mesmo em fundos irregulares de pedras, normalmente em locais remansosos e rasos. Quando a maré está baixa são encontrados com mais facilidade em locais rasos, com até meio metro de água. Quando as águas estão altas os encontramos mais no fundo, na areia junto às pedras e lajes. Vivem em águas tropicais ou temperadas - muito poucas espécies são encontradas nas águas frias.
Tamanho mínimo para captura: 30 cm.

Dica: Montagem para Linguados
Montagem para apanhar linguados.
Usa-se uma madre com 2 metros, duas chumbadas, 3 anzóis.
Chumbada furada 30gr - anzol 1 - anzol 2 - anzol3 - chumbada 60gr.
Os estralhos dos anzois devem ficar a cerca de 60 cm uns dos outros com um comprimento de aproximadamente 40 cm.
As duas chumbadas servem para que os anzóis estejam junto da areia.
Usam-se normalmente anelídeos, casulo, minhoca da lama, coreano.
Alguns pescadores afirmam que obtêm melhores resultados utilizando pequenos tubos vermelhos junto aos anzóis.
Fonte: www.pesca-pt.com

Dica: Se você quiser pergar linguados bem grandes, lá vai à dica: é só pegar um carapicú miúdo e enfiar o anzol pela guelra dele e espetar o anzol no final do rabo "mais faça de tudo para não machucar a guelra mantendo o peixe vivo, é irresistível para o linguado.
Depois meu camarada, é só lançar o mais longe que puder e esperar os pranchões puxar.
Fonte: www.cantinhodapesca.com.br/

Dica: Os linguados não dispensam uma boa isca de camarão vivo na pesca embarcada. Em costões, vale a tentativa de pescá-los com camarões artificiais, shads e jigs de penas trabalhados junto ao fundo. Na praia, use grandes filés de sardinhas.
Fonte: http://www.revistapesca.com.br/

Tags: Pesca, linguado, peixe, água salgada, pescaria, dicas.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites