Como captar mais clientes no período de baixo movimento?

Mudar o tipo de público pode ser a solução

Por Marcos Hashimoto*
 
Divulgação“Atuamos no ramo de locação de materiais para festa e, em determinadas épocas, como nos meses de férias e feriados prolongados, a locação quase que vai a zero. A rentabilidade cai e as despesas aumentam. Como posso captar os clientes que permanecem na cidade e região e induzi-los a fazerem locações ou mesmo eventos nesses períodos de baixa?”
Andréa Pena
“A melhor solução é diversificar sua linha de serviços oferecendo locações ou outros serviços que interessam a este público. Outra coisa a se pensar é identificar seu maior impacto em época de baixa demanda, como custos fixos, e dar outra utilidade que gere alguma receita, porém não mexa com o negócio principal. As salas de cinema, por exemplo, sublocam suas instalações para empresas fazerem reuniões e apresentações corporativas durante as manhãs, quando não há sessão. As escolas fazem a mesma coisa quando não há aula. Se o seu material é de festas, que tipo de empresa se interessaria em locar seu material ou instalações em época de carnaval ou férias? Podem ser hotéis, colônias de férias, clubes, empresas de recreação, etc. Basta mudar o tipo de público.”

Marcos Hashimoto, coordenador do
Centro de Empreendedorismo do Insper

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites