Xaréu

Xaréu  (Caranx hippos)

Habitat: Podem ser encontrados em todo o litoral brasileiro. Freqüentam locais com fundo duro, de pedra ou areia, próximos a ilhas e costões, onde procuram por pequenos peixes para se alimentar. Grandes exemplares são encontrados em mar aberto, sendo que os pequenos podem ser capturados dentro de baías. Presente em todo Oceano Atlântico esse peixe apresenta bastante resistência a variações de salinidade, podendo ser encontrado em água salgada, salobra e em rios costeiros. No período da migração aproxima-se facilmente do litoral nadando a pequenas profundidades, e em cardumes, quando são pescados facilmente.
Características: O formato do corpo é fortemente comprimido e alongado. A região do focinho é alta e mais retilínea, dando a impressão de ser uma grande testa. A boca terminal tem tamanho moderado, dotada de pequenos dentes em forma de finos caninos espaçados. Tem uma marcada linha de escudos na região mediana dos flancos, desde a metade do comprimento até a poderosa nadadeira caudal, com formato de forquilha, indicando ser um excelente nadador. Uma característica que distingue essa espécie das demais é a presença de uma pequena mancha preta na parte posterior dos opérculos, na altura dos olhos, além de outra mancha preta bem desenvolvida na base das nadadeiras peitorais, de base larga e extremidades bem afiladas. De coloração cinza-azulada no dorso, flancos amarelados e ventre branco-amarelado. Podendo alcançar 1 m de comprimento e a pesar 25 kg, essa espécie é um grande troféu a qualquer pescador amador. Peixe muito famoso por brigas memoráveis.
Dicas: Deve-se utilizar equipamento de ação média/pesada, composto por uma vara para linhas de 10 a 25lbs, carretilha ou molinete com capacidade para armazenar 100m de linha e anzóis com tamanho variando entre 2/0 e 6/0. O uso de chumbada poderá ocorrer dependendo da correnteza. Estes peixes costumam ficar à meia água, a aproximadamente 1,0 a 1,5m do fundo. A melhor época do ano são os meses quentes do verão, mas poderá ser pescado durante todo o ano, desde que a água esteja limpa. Grandes exemplares podem ser capturados, por isso mantenha sempre a embreagem de seu equipamento bem regulada. Grandes poppers são atrativos, especialmente quando se pesca sobre parceis e nos costões. As iscas metálicas e os jigs de penas e pêlos também rendem ótimos resultados.

3 comentários:

o peixe xaréu é reimoso, quem pode comer ele?

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites