Tetra negro





Tetra negro (Gymnocorymbus ternetzi)

Família: Characidae
Temperatura: 21 - 28 oC
pH: 5,8 - 8,5
Dureza: 5 - 19 dH
Tamanho: 7 cm
Comportamento: Pacífico.
Tamanho do aquário: 80 litros
Zona do aquário: Meio e superfície.
Manutenção: Fácil
Alimentação: Rações em geral, vermes e pequenos crustáceos.
Características: A parte posterior do corpo do tetra negro é de um belo preto aveludado e a anterior é prateada com duas barras verticais pretas. As barbatanas dorsal, anal e adiposa são pretas, as outras transparentes. Peixe muito resistente e bastante ativo que gosta de aquários com vegetação e espaço para nadar. O tetra negro é recomendado para aquários comunitários, entretanto, não deve ser mantido com peixes com caudas grandes, pois pode beliscar a cauda de seus companheiros. Sendo um peixe de cardume é melhor manter no mínimo 6 indivíduos juntos. O tempo de vida do tetra negro varia de 4 a 6 anos, sendo ele originário da América do Sul.
Reprodução: Os machos apresentam a barbatana anal maior e a barbatana dorsal menor (menos pontiaguda), sendo também menores que as fêmeas. A reprodução pode ser obtida com relativa facilidade. O casal deve ser introduzido em um tanque específico para a criação a noite e terão colocados os ovos pela manhã. O tanque para criação deve ter cerca de 50 litros e estar a uma temperatura de 29 oC. Entre 200 e 400 ovos são postos entre as plantas e se os pais não forem removidos do aquário eles comerão os ovos. Os ovos eclodirão após 24 horas e devem ser fornecidos infusórios como alimento. Atenção especial para iluminação do aquário que deve ser reduzida nas primeiras semanas. Os peixinhos se tornarão maduros sexualmente após nove meses.



Tags: Peixe, água doce, aquário, caracídeos, tetra, negro, gymnocorymbus ternetzi.

1 comentários:

Muito Legal a explicação, obrigado.

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites