Os 10 maiores peixes de água doce do mundo


1 - Beluga (Huso huso)


O beluga é conhecido como o esturjão europeu e é o maior peixe da família dos esturjões e o maior peixe de água do doce do mundo. Eles são encontrados no mar Cáspio, no mar Negro e no mar Adriático. O esturjão beluga pode viver por aproximadamente 120 anos podendo atingir mais de 7 metros e pesar mais de 1400 kg. Este peixe pode viver tanto em água doce como em água salgada, mas é considerado um peixe de água doce porque é onde ele passa a maior parte de sua vida. O número de esturjões beluga tem sido reduzido drasticamente devido a sua captura, muitos países já possuem leis para sua proteção.


2 - Kaluga (Huso dauricus)


O Kaluga pertence à família dos esturjões e está entre as espécies ameaçadas de extinção. O esturjão Kaluga é encontrado na Rússia e na China e pode pesar mais de 1300 kg e medir até 6 metros. Vive a maior parte de sua vida em água doce, mas vive um período em água salgada. Devido à captura indiscriminada, muitos países já possuem leis que restringem o seu comércio.


3 - White Sturgeon (Acipenser transmontanus)


Encontrado na costa oeste da América do Norte, o esturjão branco (White Sturgeon) é o maior peixe de água doce na América do Norte e o terceiro em tamanho no mundo. Este peixe é conhecido por atingir cerca de 1100 kg e medir até 6 metros. Assim como os outros membros da família dos esturjões, este peixe passa parte de sua vida em águas salgadas.


4 - Giant Freshwater Stingray (Himantura chaophraya)


A arraia gigante é da família Dasyatidae, nativa dos grandes estuários do sudeste asiático. Foram encontrados espécimes pesando até 590 kg nos rios Mekong e Chao Phraya. Seu número vem sendo drasticamente reduzido devido a sua captura indiscriminada, estando em perigo de extinção em algumas localidades.


5 - Giant Mekong Catfish (Pangasius gigas)


O bagre de Mekong tem a honra de ostentar o título oficial de maior peixe de água doce já capturado. Pode atingir até 4 metros e pesar até 300 kg. Este peixe é encontrado no rio Mekong que vai da China até o Vietnã e o Camboja.


6 - Barbo gigante (Catlocarpio siamensis)


O barbo gigante, também conhecido como carpa siamesa gigante, é a maior das espécies de carpa do mundo. Peixe originário do sudoeste asiático, como os rios Mekong e Chao Phraya. Este peixe que é muito apreciado na culinária loca está em perigo de extinção, pois poucos espécimes sobrevivem para atingir a maturidade. Os maiores podem atingir até 3 metros e pesar até 300 kg.


7 - Pirarucu (Arapaima gigas)


O pirarucu (arapaima) é o maior peixe da América do Sul, sendo considerado um fóssil vivo devido a sua rusticidade. Os maiores espécimes chegam a pesar até 190 kg.


8 - Alligator Gar (Atractosteus spatula)


O peixe crocodilo (alligator gar) é o maior peixe de água doce encontrado na América do Norte, medindo até 4 metros e pesando até 170 kg. O alligator gar é conhecido por sua capacidade de sobreviver fora da água, podendo suportar até 2 horas.


9 - Chinese Paddlefish (Psephurus gladius)


O Chinese paddlefish é conhecido como peixe espada chinês, sendo uma espécie em grande perigo de extinção. Sua captura é proibida na China desde 1983, e mesmo assim, espécimes são raramente encontrados. Os maiores espécimes encontrados chegavam a quase 100 kg.


10 - Taimen (Hucho taimen)


O salmão siberiano (Siberian taimen) é o maior exemplar da família dos salmões e pode atingir até 100 kg e medir mais de 2 metros.



Tags: Curiosidades, peixe, dez, maiores, água doce, salmão, esturjão, arraia, pirarucu, bagre, gar, crocodilo, barbo, carpa.

Fantásticos predadores: Barracuda






A barracuda é um peixe alongado, cilíndrico e prateado, as maiores espécies chegam a medir 2 metros. Vive em águas temperadas ou tropicais, normalmente próxima a recifes e formações rochosas, onde o alimento é mais abundante. Existem relatos de captura de barracudas com mais de 38 kg.
A barracuda é equipada com uma mandíbula cheia de grandes dentes de formato cônico, sendo os dentes frontais maiores como se fossem presas. Barracudas tem a capacidade de abrir amplamente sua boca e são conhecidas por atacarem pessoas.
Barracudas usualmente nadam ativamente em águas claras procurando por cardumes de peixes menores, normalmente peixes comedores de plâncton. Sua coloração prateada torna difícil sua visualização, principalmente quando vista de baixo para cima. As barracudas dependem muito da sua visão quando caçam, pois notam qualquer coisa que tenha cor diferente, ou reflexo, ou movimento. Quando a barracuda nota sua vítima, ela utiliza sua forte cauda para produzir uma explosão de velocidade e capturar sua presa. Algumas vezes, as barracudas podem nadar em cardumes, o que facilita sua caçada, permitindo cercar cardumes de peixes menores. O ataque da barracuda assemelha-se ao dos tubarões, ou seja, ela realiza somente um ataque poderoso na presa.
Freqüentemente, pessoas que mergulham em regiões tropicais ficam preocupadas com a presença das barracudas, pois elas, além da aparência ameaçadora, comumente seguem e observam os mergulhadores, atraídas pelos movimentos e pelas cores estranhas. As barracudas não são tão perigosas como muitos pensam, elas raramente atacam sem provocação. Os motivos mais usuais para ataques são: (1) quando a água está muito turva; (2) quando o mergulhador está carregando um objeto muito brilhante; (3) quando a barracuda é provocada; (4) quando o mergulhador está carregando um peixe ferido.




Tags: Curiosidade, predador, peixe, água salgada, barracuda.

14 curiosidades interessantes sobre os peixes

 
A palavra peixe é usada para designar um grande número de animais aquáticos. A maior parte dos animais marinhos, que muitas vezes são chamados de "peixe", incluindo as medusas, os moluscos (como o polvo) e crustáceos e mesmo mamíferos como as baleias e os golfinhos, não são peixes.
Os peixes dormem? Mais ou menos. Eles alternam períodos de vigília e repouso. Mas fazem xixi? Sim. E bebem água? Sim, inclusive os peixes de água salgada. Confira 14 curiosidades interessantes sobre os peixes que você provavelmente não sabia!
Os peixes não piscam e não fecham os olhos para dormir, pois não possuem pálpebras.
O maior peixe de água doce é o Pirarucu. Um exemplar pode chegar a dois metros e pesar por volta de 200 Kg.
O peixe mais rápido do mundo é o agulhão-vela. Ele alcança a incrível velocidade de 115 Km por hora.
Um atum é capaz de nadar 170 Km num só dia. 
Os tubarões são míopes. Em compensação, eles tem um olfato super-desenvolvido e um sistema chamado “linha lateral” que permite captar alterações na pressão da água.
O atum é um dos peixes mais ameaçados do mundo. A pesca intensa (pelo sushi japonês!!) está tornando os cardumes cada vez menores.
Uma enguia é capaz de dar um choque maior do que o de uma tomada doméstica. Sua descarga chega a 125 volts.
O tralhoto é um peixe que possui os olhos divididos no meio. Metade dele fica dentro e a outra metade fica fora d´água.
Alguns peixes são tão venenosos quanto cobras, caso do peixe-homicida (o nome já diz tudo!). Outros peixes venenosos são: peixe-escorpião, baiacu e algumas espécies de raias.
Dez por cento das espécies de peixes trocam de sexo uma vez na vida. Os peixes “transexuais” são divididos em dois grupos: o protândrico e o protogínico. Os potândricos são os que tem na juventude glândulas capazes de produzir óvulos e espermatozóides. Os protogínicos possuem ovários que, com o tempo, se transformam em testículos. 
Existe alguma diferença entre o cação e o tubarão? Não, não existe praticamente nenhuma. Cação é somente o “nome comercial” dado ao tubarão. 
Os filhotes do tubarão-tigre brigam entre si na barriga da mãe, até restar apenas um.
Tubarões e outras espécies de peixes de água salgada já foram vistos no Rio Amazonas – alguns 400 quilômetros rio acima. 
Existem várias espécies de bacalhau, entre elas o ling, o zarbo, o saithe e o bacalhau do Porto. Conhecido cientificamente como Gadus Morhua, o bacalhau do Porto é o mais saboroso e também o mais caro. O interessante é que ele é pescado na Noruega e só leva esse nome por que é “desde sempre” comercializado na cidade portuguesa do Porto. 

Fontes: [ Mais que Curiosidades ]

Maior peixe ósseo do mundo


O Peixe Lua é o maior peixe ósseo do mundo. Ou seja, ele é o maior peixe do mundo desconsiderando os peixes cartilaginosos, como, por exemplo, os tubarões. O peixe lua, também conhecido como Mola Mola e Sunfish, chega a medir 3 metros e pesar mais de 2000 kg. Ele vive tipicamente em águas tropicais entre os oceanos Índico e Pacífico. O Mola Mola é um peixe que passa grande parte do tempo em profundidades superiores a 200 metros, mas pode ser ocasionalmente encontrado em águas rasas, até mesmo boiando para se aquecer ao sol. Quando criado em aquário é um peixe que tende a viver cerca de 10 anos. Importante lembrar que precisam ser aquários especiais, adequados ao seu tamanho gigantesco.


Tags: Peixe lua, mola mola, sunfish, curiosidades.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites