Maior peixe ósseo do mundo


O Peixe Lua é o maior peixe ósseo do mundo. Ou seja, ele é o maior peixe do mundo desconsiderando os peixes cartilaginosos, como, por exemplo, os tubarões. O peixe lua, também conhecido como Mola Mola e Sunfish, chega a medir 3 metros e pesar mais de 2000 kg. Ele vive tipicamente em águas tropicais entre os oceanos Índico e Pacífico. O Mola Mola é um peixe que passa grande parte do tempo em profundidades superiores a 200 metros, mas pode ser ocasionalmente encontrado em águas rasas, até mesmo boiando para se aquecer ao sol. Quando criado em aquário é um peixe que tende a viver cerca de 10 anos. Importante lembrar que precisam ser aquários especiais, adequados ao seu tamanho gigantesco.


Tags: Peixe lua, mola mola, sunfish, curiosidades.

Peixe cachimbo





Peixe cachimbo (Microphis brachyurus)

Família: Syngnathidae
Temperatura: 22 - 28 ºC
pH:  7 - 8
Dureza: 10 - 18
Tamanho: 20 cm
Comportamento: Pacífico
Tamanho do aquário: 100 litros
Zona do aquário: Meio e fundo
Manutenção: Difícil
Alimentação: Carnívoro. Raramente aceita ração.
Características: O nome “peixe-cachimbo” foi dado em alusão ao formato do corpo e, principalmente, ao do focinho, quase sempre alongado e com a boca voltada para cima, semelhante a um cachimbo. Como características gerais, possuem corpo envolvido por forte armadura constituída de anéis ósseos articulados, aberturas branquiais reduzidas e ausência de nadadeiras pélvicas. Geralmente, os peixes cachimbo não apresentam locomoção rápida, sendo indicados para companheiros lentos e pacíficos. Costumam ser encontrados em águas litorâneas rasas e calmas, em recifes e pedras cobertos de algas ou entre a vegetação marginal de rios, estuários e manguezais. Podem ser encontrados em quase todo território brasileiro. Sua necessidade por alimentos vivos é uma característica que torna sua manutenção difícil. Outra característica que torna difícil a criação da maioria das espécies de peixe cachimbo é a necessidade de controlar o grau de salinidade da água conforme o peixe vai se desenvolvendo. O peixe cachimbo está agrupado na mesma ordem de peixes dos cavalos marinhos.
Reprodução: A reprodução em cativeiro tem que ser feita em água salobra e é considerada muito difícil.



Tags: Peixe cachimbo, aquário, água doce, Microphis brachyurus.

Salmão com molho de limão


Ingredientes:
5 filés (200 g cada um) de salmão
Suco de 1 limão
2 dentes de alho amassados
2 colheres (sopa) de cebola ralada
Sal
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 kg de batata
1 colher (sopa) de manteiga
Azeite de oliva para regar

Para o molho:
2 caixinhas de creme de leite (400 ml)
1 colher (chá) de sal
Suco e raspas de 1 limão

Modo de preparo:
Tempere o salmão com o suco de limão, o alho, a cebola, 1 colher (sobremesa) de sal e o azeite. Coloque num recipiente fechado e deixe marinar por 1 hora, na geladeira. Enquanto isso, descasque as batatas e cozinhe em água e sal, escorra e corte em cubos. Unte um refratário, espalhe a batata e, sobre ela, arrume os filés de salmão. Coloque 1 colher (café) de manteiga sobre cada filé e regue com um pouco de azeite. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180°C) por cerca de 25 minutos.

Molho:
Leve o creme de leite ao fogo baixo e deixe ferver por 8 minutos. Acrescente o sal e a manteiga e espere derreter. Junte o suco de limão e retire do fogo. Cubra o salmão com o molho e decore com as raspas de limão.


Fonte: www.portaldepaulinia.com.br


Tags: Receita, peixe, salmão, molho, limão.

Escondidinho de arenque na salada


Na culinária russa existem basicamente dois tipos de pratos: aqueles que você reconhece de imediato e aqueles que o deixarão na dúvida até que dê a primeira mordida. Os pelmêni, por exemplo, embora sejam uma massa recheada típica da culinária russa, também são familiares a qualquer pessoa que já tenha comido guiozas japoneses ou raviólis italianos. Outros pratos, porém, são um mistério até mesmo para os mais experientes comilões estrangeiros. É o caso da salada de arenque, que é chamada na Rússia de seliodka pod shuboi (em português, arenque sob casaco de pele). Num primeiro olhar é difícil saber do que se trata, e de longe parece um bolo. Na verdade, é uma salada com uma ou mais camadas de peixe salgado coberto por vegetais e ovos, maionese e beterraba ralada, o que confere ao prato um aspecto rosa choque. É uma das saladas mais populares da Rússia.

Ingredientes:
• 2 filés de arenque salgado e sem escamas;
• 2 beterrabas de tamanho médio;
• 2 batatas;
• 2 cenouras;
• 1 cebola;
• 3 ovos;
• 1 xícara e meia de maionese;
• Sal e pimenta a gosto.

Modo de preparo:
Ferva os ovos até que fiquem cozidos. Cozinhe as cenouras, batatas e beterrabas até se tornarem macias. Descasque as cebolas e mergulhe-as em água fervente. Após cinco minutos, passe-as na peneira e deixe-as sob água fria por um minuto. Enquanto isso, reserve os vegetais cozidos e deixe esfriar. Lave novamente as batatas e as cenouras e, em seguida, rale-as em dois recipientes diferentes. Descasque as duas beterrabas para depois ralar.
Descasque os ovos e corte-os em pedaços pequenos. Corte o arenque em pequenos cubos e adicione pimenta.
Em um prato grande, faça uma primeira camada com as batatas raladas e sal, e cubra-a com maionese. Acrescente uma camada de arenque e, depois, as cebolas, cenouras e ovos, salgando cada camada e cobrindo-as com maionese.
Repita o processo, sem o arenque, até obter pelo menos duas camadas de cada item. Cubra então com uma camada de beterraba ralada, sobre a qual se deve aplicar uma grossa cobertura de maionese. Para decorar pode-se polvilhar gema de ovo sobre o prato pronto.
Leve à geladeira por cinco horas e sirva em fatias, como um bolo.


Fonte: http://gazetarussa.com.br


Tags: Receita, típica, russa, peixe, arenque, escondidinho, salada.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites